Ata do CONEPsi – São Paulo, realizado nos dias 22 à 25 de fevereiro de 2013

Ata do CONEPsi São Paulo realizado nos dias 22 de fevereiro de 2013 à 25 de fevereiro de 2013

Espaço: Aproximação com os Movimentos Sociais

Escolas presentes: USP, UFMS, UNESP Bauru, UFGD, UFG, UNIFESP, FMU.

Discussão: Fez-se um debate sobre a forma como a Psicologia está se inserindo nos Movimentos Sociais (MS), o CFP e outras entidades estão reivindicando os MS, mas não se inserem de fato, fazendo uma “militância de gabinete”.

Também se ressaltou a questão dos “Novos Movimentos Sociais”, se promovem por vias não orgânicas e partem de uma perspectiva que ignora a luta de classes como uma justificativa para não participar dos MS, mantendo a imobilidade. A Psicologia se mantém no caráter de setting de trabalho, um local mais confortável do que a luta de classes.

Discute-se os limites do CFP visto a sua associação com o PT, o que faz ter uma prioridade corporativista (com a Academia, Senado…), possuindo uma força de cooptação da institucionalização das ações, decorre assim uma docilização das lutas. O Movimento Estudantil sempre foi vanguarda nesse sentido e há a necessidade de reivindicar mais espaço no CFP para garantir nossas pautas e buscar de fato a articulação com os MS que a Psicologia necessita.

Os Congressos de Psicologia têm se tornado um supermercado de ideias e apresentado um fetiche de variabilidade, sem apresentar algo que de fato possa ser utilizado na realidade concreta da população. Reforçando uma tradição da despolitização da Psicologia.

Sugestões: Reivindicar uso da mídia do CFP pelo ME, inclusive para fazer denúncia da repressão que estudantes sofrem para formar um CA.

_____________________________________________________________________________________

Espaço: CONEP

Escolas presentes: UNIFESP, FMU, UFG, USP, UFMS, UFGD, UFMT, PUC-SP, UMESP, PUCCamp, São Camilo-SP

Discussão: As dificuldades que a CONEP vêm vivenciando deve-se por diversos e relacionados motivos, desde a desmobilização da sociedade até questões de desarticulação entre os estudantes de psicologia em todo o país, mas suas limitações atuais da CONEP, que praticamente não tá existindo enquanto articuladora dos estudantes, em parte devido à falta de compromisso da maioria da gestão e também por falta de organização interna. As atividades que tiramos em geral estão ficando no abstrato, sem encaminhamento concreto, tira-se o que fazer, mas nem como, nem quando e nem quem, assim como as comissões não estão funcionando. A falta de periodicidade das reuniões e seus atrasos também atrapalham e também o MSN já não é mais a ferramenta mais adequada para as reuniões. Outro problema é a falta de registro de atividades que fazemos e o abandono do blog, por isso tentaremos registrar tudo que formos fazendo e manter sempre o blog atualizado. Muito se faz pelo país, mas poucas vezes reivindicamos nossas ações enquanto CONEP, apesar da aproximação e influência da militância em nossas atuações, precisando inclusive garantir as deliberações da CONEP até a próxima gestão.

Também se falou da falta da cultura de escrevermos sobre nossas ações, de registrarmos para outras formações e auxiliar onde isto não ocorre.

Discutimos sobre o cadastro de filiação e o caráter que ele está no momento, não como filiação, mas registro de dados.

Também a necessidade de buscar articulação com as regionais e informes do que está ocorrendo, priorizar as ações que ocorrem na base estudantil, ressaltando a importância de buscar espaço nas mídias do CFP e CRPs, além de buscar articulação com outras Executivas de Saúde.

Encaminhamentos:

  • O GT não está funcionando, portanto, não haverá mais GT.
  •  Stephanie e Tiago farão um resgate de atividades realizadas para fomentar o blog, até o dia 03/03.
  •  Tirar a cartilha sobre formação do CA do blog imediatamente, reformulá-la, rever a questão da lei que não existe e olhar na constituição sobre auto-organização e sindicatos – Stephanie vai tirar a cartilha do ar e apagar a lei e o COREP-SP vai reorganiza-la até o dia 17/03.
  •  Articulação¹ sobre a luta Anti manicomial – UFMT ( Henrique, Nayara e Naiana)
  •  Articulação sobre ato médico – Thiago (PUC-SP)
  •  Articulação sobre privatização saúde/ EBSERH – Karina (UFG)
  •  Contato com regionais e centros acadêmicos de outros estados para conversar sobre suas atividades e a CONEP: N/NE – Catiana. Goiás – CAPsi UFG. ES – CALPsi. Curitiba – Thiago. UEM – Luan
  • Mudar o nome da ficha de Filiação para Cadastro
  • E-mail da gestão só para assuntos da gestão, propagandas e afins devem ser enviadas para o grupo maior da CONEP.
  • Stephanie irá adicionar o pessoal/CA’s que se cadastrarem na lista de e-mail
  • Thiago e Yuri farão uma carta ao CFP/FENPB pedindo apoio para construções de centros acadêmicos (até o dia 03/03)
  • Indicativo de Catiana fazer uma moção sobre o caso FMU e a CONEP irá assinar e conversaremos para que nossos CA’s assinem²
  • Levantar materias sobre sexualidade e gênero e divulgá-los no blog da CONEP – Henrique e Carlos
  • Terminar carta sobre São Camilo para buscar apoio de entidades- José Fernando e Carol
  • Durante o encontro regional o COREP-SP fará discussão sobre licenciatura e organizará material sobre o tema.
  • Pedir materiais sobre psicologia no ensino médio para o CFP – Daniel
  • Zé Fernando pedirá dinheiro para a ABEP para as passagens para irmos como convidados ao Encontro da ABEP.
  • Pedir repasse para a Nayara do Psinep.
  • Fazer calendário de congressos e atividades relacionados à psicologia 
  • Recuperar senha do blog
  • Blog -> Abas: Moção, Atas, Cartilhas, Sobre: ENEP, CONEP. Histórico.
  • Limpar lista da gestão – Karina
  • Ver com o Henrique se há meio de postar no blog e ir automaticamente pro Face. Alguém sabe se tem como? Senão apagar a página do Face book, pois não damos conta de cuidar de tudo isso.
  • Reformular o blog e postar um calendário para as pessoas colocarem as atividades de Psicologia no país – Henrique
  • Novo logo da CONEP – Carla
  • Pedir espaço no site CFP e CRP’s espaços para a CONEP – Karina fará texto
  • Fazer e repassar informes das atividades que forem feitas e postar no blog
  • Se apresentar nos espaços públicos enquanto CONEP, inclusive nas calouradas.
  • Atualizar a apresentação no site do FENPB – Carla
  • Devido o CNP não necessitar de cobrar uma autorização da CONEP para a participação de estudantes, é importante que vão estudantes que participam da gestão para legitimarmos.
  • Não tenho certeza sobre essa, pois não anotei, mas me lembro disso. Participar do COREP e tentar ir enquanto CONEP – Daniel

¹ – Entrar em contato com as outras universidades do país e conversar sobre o que estão fazendo a respeito do tema, levantar ideias de atividades e materiais e compartilha-los.

²- Se não me falha a memória a Catiana não estava lá quando tiramos esse encaminhamento, imagino que ninguém deve ter falado com ela sobre isso, falarei por face.

_____________________________________________________________________________________

Espaço: Megaeventos e os impactos na população

Escolas presentes: UNIFESP, PUC-SP, FMU, UMESP, PUCCamp, UFG, São Camilo-SP, UFMS, UFGD, UFMT, USP

Discussão: Além da Copa do Mundo e Olimpíadas, o Brasil sediou e está sediando outros “mini megaeventos” como os Jogos Pan-Americanos e a Copa das Confederações, e o que se vê nas sedes destas atividades é um rastro de pobreza e corrupção com justificativa de um legado de ascensão (ver a Grécia e África do Sul). As reformas que acontecem não são para o povo, mas para os grandes empresários (Clubes…) ou ficam inutilizados, pois não são usados para a população.

Resgatando o histórico, em 1975 os Jogos Pan-americanos seriam realizados no Brasil, mas devido à pressão da Ditadura Militar, organizaram uma falsa epidemia de meningite para justificar a não realização do evento, o mesmo está ocorrendo na atualidade com a suposta epidemia de uso de crack, assim novamente a saúde é usada como bode expiatório para ações autoritárias e de higienização social.

Outro aspecto que se apresenta com esses eventos é a especulação imobiliária que tende a aumentar com a valorização das regiões centrais das cidades.

A própria característica do esporte (a partir de uma concepção de saúde positivista hegemônica) de que o uso da prática corporal é um remédio para o sujeito produzir para o mercado capitalista. Assim, é importante ter claro que o impacto acadêmico que o positivismo exerceu, mas manteve uma falácia de intencionalidade política, visto que não há uma neutralidade nos estudos, mas uma intencionalidade nelas. Assim, muitos estudos sobre o uso de drogas buscam justamente a estigmatização e o preconceito para garantir as ações manicomiais.

Jaime Breich é um autor que discute justamente o desgaste no processo saúde-doença.

Relembra-se também a forma como está se concebendo o esporte, que representa a sociedade na sua competitividade, no individualismo, num apelo mercadológico.

Assim se busca o entendimento de ações de higienização que ocorrem em locais como na Cracolândia em São Paulo, pois no local tem um projeto chamado Nova Luz, em que se busca a urbanização da região para a venda para grandes empresários, assim o crack é usado como bode expiatório, criminalizando e culpabilizando individualmente os usuários, para garantir perante a opinião pública as ações criminosas de “limpeza social” da região. O primeiro registro de uso de crack no país foi justamente nesta região em SP no bairro da Luz em 1988.

Para legitimar e impedir mais revoltas no local há a articulação com o Grupo Milenium (que articula diversos meios de comunicação), Seacit (uma transnacional) que constrói projetos urbanísticos (em disputa), além das Comunidades Terapêuticas (New Line).

Assim, devido a essas diversas problemáticas, o MEPSI tem a necessidade de aprofundar o debate e a luta que perpassa a profissão de psicólogo à garantia de direitos à população pobre.

Encaminhamentos:

-Fomentar o debate sobre o crack e as cracolâncias;

– Fomentar o debate sobre o voluntariado para atuar nos megaeventos (UNE);

-Articulação com os Fóruns Populares de Saúde.

_____________________________________________________________________________________

Espaço: XXVI ENEP: “A Psicologia e a construção do atual espaço brasileiro: megaeventos, repressão e saúde

Escolas presentes: UNIFESP, PUC-SP, UMESP, PUCCamp, UFG, São Camilo-SP, UFMS, UFGD, UFMT, USP

Discussão e encaminhamentos:

-Em GO há uma questão de assassinatos de moradores de rua, uma possibilidade de discussão no encontro.

– As culturais tem uma prévia na organização, que inclui outras ações durante o dia, as festas têm as seguintes temáticas indicativas: circense/ discotecagem livre/ música Black/ sertanejo universitário/ TransENEP/ Open Bar e durante as festas, fazer apresentações culturais com inscrições pelo blog do evento.

Alimentação tentará ser no RU da UFG (valor de cada refeição = R$3,00)

Mais atenção aos Jogos Comunitários.

Houve muita dúvida sobre os GDVs e um esclarecimento de sua metodologia.

Ato público – fez-se a ressalva se conseguiríamos fazê-lo, talvez organizar uma oficina de cartazes ou panfletagem.

NV – buscar lugares, Dick irá verificar com MAB e MST se sabem de lugares em GO que poderiam ser visitados.

Outras IES tem dificuldade de articulação para a organização como a PUC-GO.

Segurança – tem na própria UFG, mas para festas será importante que sejam específicos.

Saúde – há um posto próximo.

Sede- pensou no orçamento com ou sem comida

Para pedir recurso, José Fernando tentará no FENPB, Henrique fará um modelo, os recursos podem ser especificados, dependendo da entidade que ajudaria, solicitam para algo específico, elencamos alguns:

-Café-da-manhã

-Papelaria

-kit ENEP (cadernos, caneta, caneca, informativo- algo mais? Camiseta?).

-Crachá e pulseira

-Passagem para convidados e hotel

Elegemos um logo oficial, mas a necessidade de alternativas, Dick tentará com Batata (Flaskô).

Fazer um mural com informações centralizadas – UFG

Meios de fazer a isenção parcial e total.

Para mesa de opressões: Há uma professora trans em GO, buscar também MS negros e negras próximos e alguém da UCB.

Mesa MESPSI: Domenico (UFG), Jujuba?(UFSCar), Carlos (UNIFESP).

A programação foi inicialmente planejada e se encontra no docs. do e-mail da CONEP.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s