relatoria – reunião CONEP 04-05-2011

Relatoria da Reunião da CONEP – 04 de Maio de 2011

Presentes: Luis PUC-SP, Thiago PUC-SP, Taís UNIVAG MT, Bel UNIFESP, Iolly DOCTUM – MG, Tatiana UFRR, Raíssa UFG, Layon Almeida UFES, Fernanda PUCRJ, Mariana FPR, Cleison spam UFPR, Mariana UFPR, Walkes UCDB/MS, Larissa São Camilo SP, Celo UFPE, Lidiane UFES e Zé Anezio UFES

Pauta

           1.0 Informes

          

           2.0 ENEP

                       2.1 Sede

                       2.2 Alimentação

                       2.3 Segurança

                       2.4 Divulgação

                       2.5 Ementas das mesas

                       2.6 GTs

 

           3.0 Campanha de Saúde

 

           4.0 Organizativo

          

           5.0 Fenex

___________________________________________________________________

 

           1.0 Informes:

Bel UNIFESP: Essa semana está acontecendo a semana de psicologia aqui na UNIFESP e o Luis-PUCSP veio para falar sobre a CONEP, na mesa de abertura (informe consta também na lista da CONEP). Foi bem bacana, passamos uma lista e 42 pessoas deixaram email para receber mais informação sobre ENEP e CONEP. vou mandar email agora, mais ou menos no sentido do que mandamos tanto no ato médico em são paulo e no do CBP.

Cleison UFPR: A UFPR se posicionou contra a Medida Provisória 520/10, acabei de mandar essa notícia pra lista da CONEP tbm.

Layon UFES: estamos construindo mais um ato da luta anti-manicomial no ES para dia nove.  O que rola é que uma clínica chamada Clínica Santa Isabel ainda é um manicômio e mantém seus pacientes em condições subumanas, maus tratos, infra-estrutura inadequada, medicação inadequada, má utilização do recurso publico para o tratamento adequado dos seres humanos que são encaminhados pra lá. Esta clínica é particular e mantida com financiamento público, porém um ex-interna e a mãe de uma moça que morreu lá dentro após a internação entraram com recurso na justiça contra a clínica denunciando tudo o que eu falei há pouco sobre manicômios, criaram um blog e tudo mais, para publicizar a parada mesmo. Só que agora elas estão sendo processadas pelo dono da clínica e a audiência vai acontecer por esses dias. Estamos tentando ver se levamos estudantes e profissionais para as ruas do município de Cachoeiro de Itapemirim onde fica a Clínica e fazer um grande ato pela localidade da clínica, começará em frente ao Fórum municipal por volta das 10 da manhã.

Dafne UFC: Dois cursos de Psicologia de Fortaleza estão com problema na clinica e um de sobral tbm (NA UFC e UECE). Organizamos uma reunião terça para debater a problemática e para aprofundar a questão sobre a importância de se ter um serviço de psicologia aplicado ao invés de só uma clinica. Mas não temos projetos nem muito fundamento. Aí vamos fazer uma reunião dia 4 de junho com os CAs e estudantes para estudar e fundamentar um projeto de SPA atrelado a rede pública de saúde mental. Vamos fazer uma convocatória pra esse disse e quero saber se a CONEP pode assinar + se alguém tem material que debata o tema (Serviços de Psicologia Aplicada). E até o momento de puxarmos isso com o movimento regional e local daqui. a Coerep vai assinar tbm.

Yolly DOCTUM MG: aqui na minha cidade [Teófilo Otoni] nossa CLINICA ta perdendo a distancia para passos de tartaruga, creio que meus colegas e eu temos interesse nesse debate, para resolver esse problema. Dafne, se for possivel me envia informações detalhadas sobre a problemática geral, para eu divulgar entre os alunos da instituição que eu estudo [Faculdades Integradas DOCTUM] para participarmos também! [iolly.na@gmail.com].

Encaminhamento: CONEP irá assinar a convocatória.

           2.0 ENEP

                       2.1 sede

Luis PUC-SP: Entrei em contato com a possibilidade de Taboão da Serra e pressionei para que as coisas fossem mais rápidas. Eles fizeram um reunião com a secretaria de educação que retornou que tem duas escolas que poderíamos usar, só que não na data solicitada, poderíamos apenas do dia 12 ao dia 19, pois a escola necessita de um tempo para ser arrumada para o retorno das aulas. Nesta sexta feira, me ligaram dizendo que farão reunião e que responderiam até hoje. Conversei com outras pessoas e com uma cooperativa de alimentação que estão ajudando também nessa questão do espaço e, me indicaram a possibilidade de uma escola em Santo André, que cabem 2000 pessoas. Essa escola tem área externa, cozinha, auditório e tem a data do dia 18-25. Fizeram a reunião da diretoria e aprovaram essa data e o encontro, eles pedem uma doação financeira para ajudar nas obras sociais, de acordo com o que pudermos dar, mas conversarei isso melhor com eles na semana que vem, já disse que somos uma entidade com dívidas e que poderíamos doar uma quantia pequena para não encarecer o encontro e só ao final do encontro. Acho melhor fazermos em Sto André, pois do dia 13 ao dia 17 de Julho acontecerá o CONUNE e muitos estudantes estão em goiania. Acho que é uma parcela do ME estará lá e acho problemático mantermos um encontro paralelo a outro. Sendo escola pública a estrutura de banheiro seria feita para dar conta do numero de pessoas, diferente desse espaço de Sto André que já tem uma estrutura para as pessoas dormirem lá. Em Minas, em 2009 fizeram um estrutura de chuveiro na escola e gastaram 6000 reais só nisso.

Bel UNIFESP: parece que o melhor lugar mesmo é esse de Santo André. Embora precise pagar, a estrutura parece ser melhor, acho que seria bom se conseguíssemos ir para lá o quanto antes, de preferência o Lu e mais umas duas pessoas pra poder fazer uma avaliação cuidadosa. Mas pelo que parece, Santo André é a melhor opção.

Spam UFPR: acho que o encaminhamento da Bel é importante, de irmos lá para dar uma olhada na Escola, vermos a infra-estrutura para o encontro e tals. O espaço do evento está dentro do que nós estamos planejando de demanda de estudantes, até 1500 pessoas. Também tem a questão do CONUNE, pois quem for para o congresso ainda consegue voltar pra participar do enep.

Bel UNIFESP: eu acho que com sede não tem como encaminhar além disso, de ir o Luis com pelo menos mais uma, mas se conseguir ir mais gente melhor, para conhecer o local. Se for possivel essa semana, ainda melhor. E aí a gente podia passar pros outros pontos sobre o encontro, o próximo seria alimentação.

Tatiana UFRR: acho q aceitar o lugar sem antes olhar direitinho eh meio complicado, poderia ir umas 2 pessoas pelo menos olhar e na próxima reunião dizer o q acharam.

Bel UNIFESP: Minha fala era bem no sentido da Tati. Eu entendo que existe uma angustia da gente aprovar logo o lugar, mas também não tem como a gente fazer isso sem pelos menos duas pessoas avaliarem. Daí proponho que aqui a gente vota só a prioridade entre taboão e santo andré e na semana seguinte, com algum parecer a gente oficializa de uma vez a sede.

Luis PUC-SP: Eu entendo a angústias de todos, sei o que é isso, estou correndo atrás disso a meses e sei que é difícil para aceitarmos um lugar no escuro, mas sinceramente o espaço foi apresentado de uma maneira que eu confio na pessoa que me disso e, sinceramente, não encontraremos outro espaço.Tiveram encontros em lugares piores que esse, termos que lidar com o espaço da maneira que ele for, já tivemos que fazer encontro tendo que construir banheiros para banho. Entendo muito essa angústia, mas o lance da reforma é que o espaço será pintando, então não terá barulho de obras. É um espaço que tem banheiro e cozinha, que já conta muitos pontos para uma estrutura acima do que pretendemos. Tenho medo de adiarmos mais, pois temos que abrir inscrição de trabalhos e ainda fazermos cartazes de divulgação.

Bel UNIFESP: não estamos falando de procurar outro espaço, mas acho que temos que ver o local antes, podemos votá-lo como prioridade, mas não dá para aprovar mesmo sem ter o parecer seu e de mais alguém, pelo menos. E a gente pode abrir a inscrição de trabalho e começar a fazer o cartaz de divulgação como se tivesse certo. Eu acho que temos que ainda essa semana ir pra Santo André ver a sede. Eu acho que devemos fazer isso ainda essa semana. Seria bom alguém de SP para ir com vc, mas se não tiver como posso tentar ir até aí.

Taís UNIVAG MT: Seguinte, se a gente for ficar adiando mais e mais pra encontrar um lugar perfeito, nem vai rolar o ENEP desse ano, porque já estamos no mês 5 e não tem nada fechado, então é melhor a gente confiar no Luís e fechar com Santo André. E pra gente fechar cartaz precisa do local e data, a gente tinha dito nas outras reuniões sobre o site, mas até agora nada foi resolvido.

Walkes MS: nós ja estamos em Maio e o pessoal vai ter apenas Junho e um pouquinho de Julho pra organizar as caravanas, como ja falaram,ja tivemos lugares mt desprovidos de varias coisas nos ENEPs anteriores, precisamos no minimo ter a data em mãos, se apenas um lugar a data nos livra de não bater agenda com o CONUNE, vamos pegar logo esse local e data e mandar ver no ENEP.

Spam UFPR: Então, com já foi dito, o ENEP as vezes é feito onde nem estrutura para encontro tem, ou seja, fica a cargo da organização do Evento dar seus pulos. Mas em Sto André, como dito pelo Luis, eles já tem essa estrutura para um encontro, de até 2000 pessoas enquanto esperamos apenas 1500. Nós estamos correndo atrás de uma sede há meses, e até agora não tivemos tantas opções para escolher entre a “menos” pior.

Dentro das possibilidades que nós temos, visto que estamos no mes 5 e o encontro é no final do mes 7, não temos como ficar adiando e adiando uma possivel sede. Como a táis colocou, temos que já começar a parte de divulgação do encontro, site, cartazes etc, e para além disso, temos que nos organizar enquanto comissão organizadora do evento para toca-lo.

Fernanda PUCRJ: Bom, se o Luís disse que é confiável não vejo problema em fecharmos o encontro lá (principalmente pela data, já que os alunos do CONUNE poderiam comparecer), mas ja que estamos com opiniões divergentes podemos fazer uma votação para fechar em Santo André agora, ou após a visita do Luís. Estamos demorando muito tempo discutindo isso, ainda precisamos passar por outros pontos importantes da pauta.

Thiago PUCSP: encaminhamento – nós colocaríamos Santo Andre como prioridade e faríamos tudo como se ele estivesse certo até o luis e mais alguém ir lá.

Luis PUCSP: Irei na escola de Sto André quarta feira, assinar os papéis e tiro fotos, coloca a proposta de uma reunião na próxima quarta nesse horário, termos sede ou mudaremos tudo para Taboão.

                       2.2 Alimentação

Luis PUCSP: temos duas cooperativas, uma que está mediando Sto André e que custa 10 reais/dia, com café da manhã, almoço e janta, com opção de vegetariano. Eles militam muito com economia solidária, fazem diversos eventos. Sairia cerca de 60 reais para alimentação todos os dias, esse é o preço normal e com campanha financeira abatemos desse preço. A outra custa 11 reais, me mandou o projeto hoje e o contato dela foi com quem consegui Taboão, mas eles não estão mediando, só passaram contatos. Tenho uma proposta: Fazer com essa de Sto André pois eles tem uma mega experiência e fazer eventos com a outra para campanha financeira. Mas é meio para vocês saberem que também temos alimentação engatilhada, acho que não tem muito abrir pra votação, porque é mesmo esquema, acho que a gente aqui de sp que tem uma noção de como está o encontro.

                      2.3 Segurança

Luis PUCSP: Não sei se falei pra vocêss mas também peguei o contato do povo do MTST – MTST – Movimento dos Trabalhadores sem Teto – que poderão fazer a segurança para nós, verei o preço e como será o esquema assim que tivermos a sede.

                      2.4 Divulgação

Luis PUCSP: Sobre a divulgação, ficamos na mesma. Sem poder divulgar, mas assim, estamos com o Blog atrasado e me culpo nisso, vou cria-lo logo logo, foi muito corrido meu fim de semana e acho que nesse consigo fazer algo, já conversei com a Bel e logo botamos no ar.

Bel UNIFESP: queria informar que criei a conta no google do ENEP <24enep@gmail.com>. Vou começar a montar um projetinho de blog, vou fazendo junto com o Lu e proponho de na próxima semana já apresentar em reunião antes de lançar.

Tatiana UFRR: acho que essa parte virtual pode ser feita e colocar o que a gente tem em mãos, inclusive como forma de explicação pras pessoas saberem os porques de ainda nao ter lugar, o q esta sendo feito, reuniões, etc.

Luis PUCSP: Concordo com a Tatinha, podemos já colocar algumas coisas aqui, inclusive as ementas das mesas que temos que aprovar hoje.

Spam UFPR: tô mandando essa proposta de Logo, mas ainda tenho que fazer alterações, em cima do que foi proposto na lista 24ENEP. O que foi proposto na lista: “Essa imagem ficou legal, mas tenho a impressão de que esse cabra tá indo pra roça, que ele vai roçar mato alto! Será que rola de pôr ele com o Psi em outro uso, que não seja o de uma enxada? Ou então põe ele usando a enxada pra revirar masseira! Nada mais urbano do que trabalhador da construção civil! Até dei uma viajada agora! Vai que a masseira tem o formato do mapa do brasil! E ele tá bem usando um psi pra revirar a masseira! E aí a gente nem tá construindo o brasil, o brasil é só um dos materiais na construção de algo maior! Pois somos internacionalistas! rá! E aí! Rola também pôr mais cor? Coloca tipo cinza com roxo, ou com lilás! O que até ajudaria se a pessoa do logo fosse uma mulher!”

Luis PUCSP: link para a imagem da logo aqui <http://twitpic.com/4thzkf>

Spam UFPR: em cima das sugestões dadas, eu trabalho a logo e aprovamos na para a próxima reunião.

                      2.5 ementas das mesas

– opressões

Lidi e Zé UFES: eu [lidi] e o zé tentamos construir uma proposta, mas ela necessariamente tem q ser revista. Não conseguimos conversar com a tatirrê pra finalizar, e tentamos mudar, mas foi q nem murro em ponta de faca.

“A Psicologia constrói seu terreno de atuação e abrangência a partir de sua historicidade e territorialidade. Tendo em vista que nosso Encontro questiona os modos de produção da subjetividade em relação com a formação do território, podemos pensar que diversas opressões vividas pelas mulheres, pelas populações negra LGBT estão vinculadas a esse modo hegemonicamente urbano de vida. Assim, ao discutirmos a questão de grupos amplamente oprimidos pela produção de ideologias capitalistas e sua atualização pelas práticas discriminatórias, colocamos em evidência as peculiaridades sofridas por cada um deles. Sendo nós, estudantes de psicologia, cabe-nos o papel de pensar como nossa ciência tem sido utilizada: para afirmar os esterótipos de opressão ou como uma maneira de transformação dessa realidade opressora para a criação de uma sociedade mais justa.”

Bel UNIFESP: “a esse modo hegemonicamente urbano de vida.” – eu só alteraria aqui. não sei bem como colocar, mas acho que é importante apontar que se constrói a partir desse modelo que na verdade corresponde a uma minoria, de uma determinada classe social.

Dafne UFC: acho que pode colocar sobre a fundamental importância da análise das condições objetivas para a organização da subjetividade.  Além disso, falar que o processo saúde-doença centraliza-se no modo de viver e adoecer dos grupos humanos e o seu modo de reprodução social, com isso é necessário compreender o território, classe, trabalho, e grupo que o sujeito vive pra compreender seu processo. Como existem grupos que tem especificidades por conta do seu processo histórico e organização social, é necessário debater essas “especificidades” (não esquecendo a importância da diferença destas opressões de acordo com a classe)

Lidi UFES: dafne, vc tem uma proposta de texto? A dificuldade de escrever a ementa é justamente porque ela TEM que ser abrangente… eu ate pensei em caracterizar os grupos, mas isso seria um texto enorme, por isso tive que enxugar tudo.

Barbara SEAMA AM:  “A Psicologia constrói seu terreno de atuação e abrangência a partir da compreensão do sujeito no seu contexto histórico, social e cultural. Tendo em vista que nosso Encontro questiona o modo normatizador de vida que leva os indivíduos a uma alienação de seu meio, a uma individualidade cada vez maior, sendo assim o reflexo de uma sociedade cada vez mais capitalista e consumista. Deste modo, podemos pensar que diversas opressões vividas por mulheres, por populações negras, LGBT e demais classes estão vinculadas a este estilo urbano-capitalista ilusório.”

– histórico

Bel UNIFESP: “Desde 2007 a Coordenação Nacional vem se reestruturando e buscando se estabelecer como uma entidade dos estudantes de Psicologia, com debates entre estudantes de várias Universidades de temas como representatividade, regionalidade, políticas educacionais, inserção no movimento estudante e suas relações com o­­utras executivas e outras entidades da psicologia e do movimento estudantil. É somente através da história das organizações que somos capazes de compreender a situação atual e entender o momento que estamos inseridos. Por isso é necessário resgatar a história da CONEP, para que através de sua transformação e lutas travadas ao longo dos anos, possamos avançar e buscar novos caminhos para o movimento estudantil de psicologia.”

Dafne UFC: acho que tem que colocar a questão organizativa da CONEP. Naquela parte que só entendendo o histórico para compreender sua organização e atuação. O pessoal daqui reclama muito do “estatuto torto” da CONEP, é bacana conseguirmos abarcar o processo de construção, organização e atuação da CONEP (e se der resgatar quando era ENEP, executiva).

– Encaminhamento: via lista 24ENEP fecharemos as ementas das mesas.

                      3.0 campanha de saúde pública

Spam UFPR: temos algumas coisas para discutir da campanha. A cartilha, que é um dos instrumentos da campanha. Mas também discutir a campanha em si, quais atividades tocar da campanha, qual foco daremos, qual será as pautas que defenderemos, e tals.

Dafne UFC: temos antes que fazer um resgate do que foi discutido até então antes de iniciarmos essa questão. Mas acho que já ta tarde mesmo. Além disso, temos que fechar a cartilha né? faltam quais textos?

Lidi UFES: O texto do SUS, MP 520 e finalizar o de concepção, eu acho.

Dafne UFC: eu to com esse de concepção e estou finalizando. Como a bel disse, acho que não rola de discutir a campanha “em -si” mas tentar fechar a cartilha.

Lidi UFES: eu e zé estamos responsáveis pelos outros dois

Spam UFPR: mandamos os textos até terça na lista e revisamos até a reunião de quinta.

Dafne UFC: se a gente conseguir fechar semana que vem pra abrir a campanha da CONEP na semana da LAM anti-manicomial seria perfeito.

Próxima reunião: QUINTA-FEIRA 21H 12-05


Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s