Balanço Político da Gestão 2009/2010

Balanço Político da Gestão 2009/2010 da

Coordenação Nacional de Estudantes de Psicologia (CONEP)

A Coordenação Nacional de Estudantes de Psicologia (CONEP) é a entidade máxima de articulação dos estudantes de Psicologia em nosso país, e teve as suas atividades conduzidas, entre Setembro de 2009 e Julho de 2010, por um grupo de estudantes e entidades de base de todo o Brasil. Militantes de norte a sul, organizados em um Coletivo Gestor da CONEP, empenharam esforços para a construção de um movimento estudantil de Psicologia que seja combativo, politicamente posicionado e atuante.

Desta forma, agora que chegamos ao fim de nossa gestão, procuramos tornar público um balanço político de nossas atividades, com a intenção de mostrar aos estudantes de Psicologia como vieram sendo tocadas as lutas de sua Coordenação Nacional.

Primeiramente é importante ressaltar como encontramos a CONEP quando assumimos a sua gestão em setembro de 2009, ao final do CONEPSI Curitiba (5 a 7 de novembro de 2009 – Diretório Acadêmico Nilo Cario UFPR – Curitiba/PR). A entidade tinha sérios problemas organizativos, se colocava em poucas lutas, não discutia profundamente a questão da representatividade, e era bastante centralizada. Motivados pela necessidade de termos uma entidade que potencializasse as lutas estudantis da Psicologia, havíamos discutido profundamente durante o XXII ENEP (19 a 25 de julho de 2009 – Belo Horizonte/MG) a importância de uma reorganização que alinhasse nossa Coordenação à esquerda, que pudesse ser um instrumento catalizador das nossas lutas estudantis e populares. Estas discussões do XXII ENEP embasaram as deliberações do CONEPSI Curitiba, que nortearam a nossa atuação enquanto Coletivo Gestor da CONEP.

Durante 2009 e 2010, conseguimos travar algumas lutas bastante interessantes mesmo com o baixo número de estudantes e entidades de base compondo a gestão. Dentro destas, podemos destacar:

  • Participação no ato do Grito dos Excluídos em 7 de setembro de 2009, em Curitiba/PR. Articulados a outros estudantes e movimentos populares, pudemos conhecer melhor a luta pela justiça social e vida digna à classe trabalhadora que habita a região do Lixão da Caximba, em Curitiba/PR.
  • A ‘Campanha Nacional de Boicote ao Exame Nacional de Avaliação do Desempenhos dos Estudantes (ENADE)’, organizado pela CONEP e, via articulação com outras executivas nacionais via Fórum de Executivas Nacionais e Federações de Curso (FENEX), tocada junto aos estudantes de Psicologia, Comunicação Social, Serviço Social e Medicina. Foram organizados uma cartilha (“ENADE: Porque boictamos este exame?”) e adesivos. Boicotaram, diretamente ou indiretamente influenciados pela Campanha Nacional, as escolas UFPR, UNITAU, UNIBAN, UNIFESP, UEPB e UFC. Não boicotaram, mas realizaram discussões UFG, UFPA, PUCCAMP, PUC-SP, MACKENZIE, UFES e Faculdade Sant’Anna. Houve a participação de membros do Coletivo Gestor em diversas mesas-redondas (em parceria do Sindicato Nacional dos Docentes das IES (ANDES-SN), espaços de formação de outras executivas e nos Congressos de Estudantes de nossas Universidades.
  • A participação na ‘Marcha dos Usuários a Brasília’, articulados com usuários dos serviços de saúde mental, trabalhadores e familiares militantes da Reforma Psiquiátrica Antimanicomial. Panfletagem, no ato, com nossa reivindicação pela realização da IV Conferência Nacional de Saúde Mental, mas também uma nova atenção à saúde mental pautada principalmente em novas concepções do processo saúde-doença e de suas determinações e contra qualquer tipo de opressão aos usuários dos serviços. Panfletagem nos Restaurantes Universitários da UFPR e em outros atos políticos ao redor do país.
  • Aprofundamos nossa discussão sobre Instituições de Ensino Superior Particulares, tocando junto à Executiva Nacional de Estudantes de Comunicação Social (ENECOS), esta discussão no FENEX. Avaliamos a importância de continuarmos avançando esta discussão na CONEP.
  • Discussão sobre o PL 7703/2006, comumente nomeado de Ato Médico. Posicionamo-nos frontalmente contrários a este projeto e complexificamos nossa contraposição, apontando a necessidade de superar os argumentos corporativistas e de defesa das práticas de mercado e propondo a discussão sobre a regulamentação da profissão e pela necessária formação omnilateral do homem. Organizamos um material (“Ato Médico: porque os estudantes de Psicologia rejeitam este projeto?”), disponível aos estudantes.
  • Participação das reuniões do Fórum das Entidades Nacionais da Psicologia Brasileira (FENPB) e articulação com outras entidades nacionais da categoria. Participamos também da Secretaria Executiva do III Congresso Psicologia, Ciência e Profissão, propondo atividades que problematizem diversas questões com Reforma Universitária, defesa da Saúde Pública, importância da organização estudantil, luta contra homofobia e pela cultura popular. No entanto, apontamos como uma necessidade a discussão mais aprofundada sobre nossa relação com o Fórum de Entidades bem como com as entidades que o compõe.
  • Discussão profunda sobre o processo de tiragem de representantes da CONEP para o Congresso Nacional de Psicologia (CNP), onde a entidade, ao contrário da postura assumida em CNP’s passados, problematizou nossa participação neste Congresso, posicionando-se por não mandar como representante da entidade quem nãotivesse afinidade com a concepção política construída coletiva e democraticamente pela CONEP em seus fóruns decisórios e espaços de luta política. Preferimos não enviar representantes da CONEP ao CNP, devido às indisponibilidades de agenda do Coletivo Gestor da entidade, ao invés de dar poder de representação da CONEP a estudantes que não conheciam suas bandeiras políticas e sua atual conjuntura. Avaliamos positivamente nossa posição, especialmente pelo processo de formulação política e de diálogo com a base estudantil, ocorrida com êxito (como na Bahia e Espírito Santo). Nossa decisão quanto à participação discente no CNP foi reflexo de nossa concepção política de movimento estudantil, e isto pode ficar mais claro aos estudantes que queiram conversar conosco e entender tal concepção.
  • Fomento e apoio à construção de novas entidades estudantis da Psicologia, tanto de curso quanto regionais, como o Centro Acadêmico de Psicologia da Faculdade Sant’Ana (Ponta Grossa-PR), e o Coletivo Espíritossantense de Estudantes de Psicologia, CESEPSI. Formulamos também uma cartilha sobre a importância da organização coletiva dos estudantes e das entidades de base.
  • Avaliamos positivamente a nossa atuação no FENEX, fórum em que podemos dialogar e construir lutas com outras executivas de curso (entidades nacionais, assim como a CONEP) que continuam sendo combativas nos dias atuais. O Fórum é uma das importantes possibilidades de articular importantes lutas travadas pelas Executivas que o compõem, principalmente contra a mercantilização da Educação que vivenciamos nos dias de hoje, fruto das políticas neoliberais dos governos Lula/PT e FHC/PSDB.

Consideramos que ainda temos limitações com o modelo organizativo da CONEP, que hoje encontra-se desvinculada das instâncias regionais do movimento estudantil de Psicologia e que por ter retomado seu trabalho de base neste último ano, ainda tem muito a fazer. Neste sentido, buscaremos – no ENEP 2010 – tentar dar mais passos para que nossa executiva avance em seu modelo organizativo, bem como em suas formulações políticas. Nossa atuação política só será potencializada com a aproximação de mais estudantes, que se dará a partir de uma executiva regionalizada e politicamente posicionada.

Acreditamos que é tarefa dos estudantes contribuir com a luta por uma transformação societária, que incida realmente na realidade da classe trabalhadora e que o movimento estudantil organizado pode servir-se como instrumento a estas transformações.

COLETIVO GESTOR

Coordenação Nacional de Estudantes de Psicologia

gestão 2009/2010

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s